20 de nov de 2014

QUE NEGRO SOU EU?






PREFEITURA MUNICIPAL DE MARABÁ
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
E.M.E.F. PROFª. JOSINEIDE DA SILVA TAVARES
                                         II FEIRA CULTURAL AFRO
                                          
                                                QUE NEGRO SOU EU?



APRESENTAÇÃO
A ausência da História Africana é uma das lacunas nos sistemas educacionais brasileiro, essa  ausência nos currículos induz a ideia  de que ela não existe uma vez que esta é  apresentada  superficialmente  através  dos continentes e das diversas culturas a nível mundial sugerido que ela não faz parte do conhecimento a ser transmitido,  desta forma a ausência de uma História Africana retira a oportunidade dos afro-descendentes em construírem uma identidade positiva sobre as nossas origens, essa ausência de informação, abre espaço para atitudes preconceituosas, ou racistas sobre as nossas origens, criando assim, um terreno fértil para a produção e difusão das ideias erradas e racistas sobre a origem da população negra.
JUSTIFICATIVA
Através deste projeto, visamos o aprendizado e um estudo mais aprofundado da História e da Cultura Afro-brasileira, destacando a grande importância e a valorização da cultura negra, dentro do âmbito escolar, criando espaços com manifestações artísticas e desenvolvendo atividades variadas.
Por fim, respeitando e atendendo a Lei Nº 10.639/03 MEC (Diretrizes Curriculares Nacionais Para a Educação das Relações Étnico-Raciais) que determina a obrigatoriedade do Ensino da História da África e dos Africanos no Currículo Escolar das modalidades do Ensino Fundamental e Médio. Colocaremos em pratica o projeto: Construindo uma Sociedade com Consciência e igualdade.
OBJETIVO:
 Promover a releitura da História do mundo africano, bem como abri um leque de discussões em torno da diversidade cultural existente em nosso país, afim de que essa diversidade seja respeitada e valorizada.
INTEGRAÇÃO DAS DISCIPLINAS
HISTÓRIA: pesquisar sobre a origem dos povos africanos, os fatos históricos do povo africanos, a cultura e influencia dela na formação do povo brasileiro.
GEOGRAFIA: as desigualdades sociais existentes entre os países africanos e brasileiros e a pluralidade cultural, Rotas de escravidão, reinos africanos e suas riquezas.( Mapas)
ARTES: fazer teatros, dramatizações, textos e organizar um espaço para as produções e exposição artesanais e cartazes.
EDUCAÇÃO RELIGIOSA: religiosidades dos povos africanos e seus costumes.
LÍNGUA PORTUGUESA:  A influencia da cultura africana na nossa língua ( vocabulário, gramática e literatura- Escrava Isaura etc...)
CIÊNCIAS :  Conceito de raça ( Biologia)
METODOLOGIA E PROCEDIMENTOS
O projeto será desenvolvido na Escola Municipal Josineide da Silva Tavares, com a finalidade de atingir o público alvo, que são os alunos do 1ºao 9º Ano.
Montagem de stands – cada sala abordará uma temática do referido projetos relativos à cultura afro. Pontuação: 6,00
Serão propostas atividades diferenciadas para cada turma baseada em temas como: jogos, brincadeiras, comidas típicas, feiras pedagógicas, danças, etc. No final do projeto, será solicitado que cada aluno produza sugestões de atividades sobre o tema, dando ênfase ao que aprendeu, enriquecendo ainda os conhecimentos adquiridos e praticas pedagógicas sobre o assunto.
AÇÕES DO PROJETO:
1-Inicialmente faremos diagnóstico, aplicaremos um questionário, utilizando-se a técnica de auto preenchimento de questionários, com a identificação dos alunos, para se fazer um levantamento de dados sobre a concepção e os conhecimentos prévios que os alunos tem sobre o tema. Após as respostas obtidas a partir da analise dos questionários, será aplicada as praticas pedagógicas relacionadas ao tema abordado.
2- Questionar os alunos sobre o que sabem, que ideias e opiniões, duvidas ou hipóteses sobre o tema em debate, valorizando seus conhecimentos;
3- Propor novos questionamentos;
4- Fornecer novas informações; (textos informativos)
5- Ensinar procedimentos de pesquisa consulta em fontes bibliográficas, organização de informações coletadas, como obter informações de documentos;
6- Promover estudos e reflexões sobre diversidade de modo de vida e dos costumes dos afro-brasileiros;
7- Debater questões do dia a dia dos afro-brasileiros;
DISTRIBUIÇÃO DAS ATIVIDADES:
1° Ano: Animais da Savana
3° Anos: Personalidades e personagens
4° Ano: Brincadeiras
5° Ano: Zumbi dos Palmares
Mais  Educação- Capoeira dança e pesquisa
6º Anos: África Pré-colonial e África contemporânea. Rotas de escravidão, reinos africanos e suas riquezas.
7º anos A e B: A influencia da culinária africana para o Brasil - montagem de um mercado com produtos trazidos da África para o Brasil (carvão vegetal, canela, camomila, sucupira, sene, guajiru, malva rosa, farinha, feijão branco, feijão macassa, carrasco, folha de fogo, leite de coco, pimenta malagueta, gengibre, milho, feijão preto, quiabo, amendoim, mel, castanha, ervas aromáticas e azeite de dendê). O stand deverá apresentar também receitas utilizando os produtos mencionados acima como também alguns pratos deverão está expostos para serem degustados.
8º anos  C e D: RELIGIÃO: apresentar a importância dos orixás para as religiões africanas e afro-brasileiras. Apresentar os principais cultos do candomblé, xangó e umbanda com suas roupas e objetos de culto.VOCABULARIO: produzir um mural – Que negro sou eu? – o painel poderá ser formado por fotos de negros e brancos e ao lado das mesmas deverá ter espelhos.  Produzir painel de heróis.
9º ano A: stands sobre os toques musicais (marimba, pau de chuva, goje, maracá, tambor...) deverá ser indicada a origem dos referidos instrumentos. Apresentar os principais ritmos afro. Abordagem de musicas africanas atuais.

9º Ano C: Exposição como fotos que represente as boas relações diplomáticas entre Brasil e os países africanos. Exposição com objetos que representem a cultura dos países africanos como Cabo Verde, Angola, Moçambique para assim diminuir o preconceito em relação a esse continente que a maioria das vezes é apresentado na mídia como lugar de pobreza extrema e sem acesso as tecnologias criando uma visão estereotipada e generalizada. DANÇA: a turma deverá apresentar uma dança que represente ritmos da cultura afro.
CULMINÂNCIA
Apresentação e exposição das atividades dos alunos no pátio da escola e ainda desfile dos alunos para a escolha da beleza negra masculina e feminina da escola e leitura da melhor redação
AVALIAÇÃO
Será considerada satisfatória se todas as etapas dessa atividade temática forem desenvolvidas, de modo a aperfeiçoar a democracia racial, a construir consciência de igualdade e percebermos que todos cooperativamente podem construir uma sociedade mais fraterna e justa. E observação também que se consiga organizar a culminância marcada para dia........ De forma a congregar todas as turmas e suas produções.



BIBLIOGRAFIA:
REVISTA – OCEANO: HISTORIA DA ÁFRICA E SUA PRESENÇA NO BRASIL-
            Geografia nos dias de hoje, 7º ano/ Claudio Giardino, Ligia Ortega
            Rosaly Braga Chianca- 1 . ed. – São Paulo: Leya, 2012

                                                                           postado por Fátima Tabosa